Sobre a Igreja

A Igreja Adventista da Promessa surgiu de uma experiência sobrenatural do pastor João Augusto da Silveira, quando em 24 de janeiro de 1932, após passar alguns anos estudando sobre o assunto, recebeu o batismo no Espírito Santo.

Progressivamente, a Igreja Adventista da Promessa foi buscando a compreensão das Sagradas Escrituras. Reconhece a Bíblia Sagrada como sua única regra de fé e prática, e fundamentou sua crença na teologia ortodoxa, tendo como inspirados somente os sessenta e seis livros que compõem o Antigo e Novo Testamento. Não reconhece, portanto, nenhum outro escrito como divinamente inspirado. Fundamenta suas crenças na linhagem reformada.

Hoje, a Igreja Adventista da Promessa está presente em 17 nações, e segue caminhando em obediência à ordem dada por Cristo: Ide por todo mundo, pregai o evangelho a toda criatura.

O surgimento da Igreja Adventista da Promessa no bairro de Piedade no Rio de Janeiro em 1963.

A Bíblia Sagrada nossa única regra de fé e prática.

A Igreja Adventista da Promessa crê e prega a salvação pela graça, através da fé em Jesus Cristo, e ensina seus membros a “obedecerem todas as coisas que Jesus nos ordenou.” (Mt 28:2). A Igreja Adventista da Promessa acredita na graça que gera obediência a Deus. Os promessistas, salvos pela graça de Cristo, não obedecem aos mandamentos de Deus como obrigação ou como um meio de propagarem a salvação recebida gratuitamente.

Os promessistas obedecem aos mandamentos do Senhor porque, uma vez feitos filhos de Deus, sentem-se felizes e realizados em praticar os ensinamentos do Pai. Em outras palavras, os promessistas não obedecem para serem salvos, mas obedecem porque foram salvos. As ações de Deus podem ser comprovadas não somente durante a origem, mas através da marcha vitoriosa da IAP até aos dias de hoje.

São anos de serviços à Deus, construindo uma história que visa atrair os pecadores e edificá-los em Cristo Jesus. É uma igreja que crê, que recebe e que depende do poder de Deus, porque sabe que só assim, poderá ser vitoriosa em sua marcha rumo ao céu.