Muito da rotina diária de uma mãe passa despercebido. Os filhos, especialmente quando são mais jovens, são bastante ingratos e negligenciam muito do que as mães fazem, o que pode ser um grande desencorajamento para as mães. Esse desânimo aumenta na medida em que as mães se encontram sobrecarregadas pela vida de seus filhos e veem pouquíssimo fruto espiritual a partir de seus esforços.

Palavras de encorajamento.

Aqui está uma palavra de encorajamento para todas as mães cristãs para que prossigam em suas tarefas diárias de serviço às suas famílias; para que permaneçam firmes nas disciplinas espirituais com seus filhos que parecem ter pouco efeito. Essa palavra de encorajamento vem do grande Charles Spurgeon, quando ele reflete sobre o impacto que a sua mãe dedicada à oração teve sobre ele enquanto era um menino não-convertido:

Nas noites de domingo, enquanto ainda éramos crianças pequenas, era o costume dela ficar em casa conosco. Então, sentávamo-nos ao redor da mesa, líamos versículo a versículo e ela nos explicava as Escrituras… Depois, havia uma oração de mãe, e nunca nos esqueceremos de algumas das palavras daquela oração, mesmo quando o nosso cabelo estiver grisalho. Lembro-me, em uma ocasião, de ela orar assim: “Agora, Senhor, se meus filhos continuarem em seus pecados, não será por ignorância que eles perecem, e minha alma dará um testemunho rápido contra eles no dia do juízo, se eles não se apegarem a Cristo”. Aquele pensamento de minha mãe testemunhar contra mim atingiu a minha consciência e comoveu o meu coração.

Mães orem por seus filhos e com seus filhos.

Mães, espero que vocês sejam regularmente encorajadas e honradas pelos seus maridos e filhos, pois há muito a ser honrado pelo modo como vocês se sacrificam e cuidam de suas famílias. Contudo, vocês podem não se sentir honradas como queriam. Vocês podem não estar vendo o fruto espiritual que desejam em seus filhos. Tomem essas palavras poderosas de Spurgeon e prossigam nas tarefas diante de vocês nesta semana. Orem por seus filhos. Orem com os seus filhos. Orem de tal forma que comuniquem o seu amor incondicional e a sua aceitação, mas não escondam a preocupação pela salvação deles, que vocês ainda podem sentir se eles estão longe de Cristo. Vocês nunca sabem o quanto as suas palavras de clamor a Deus pela salvação podem impactá-los nos próximos anos.

Citação mais recentemente encontrada em The Brokenhearted Evangelist [O Evangelista de Coração Quebrantado], escrito por meu querido amigo, Jeremy Walker.

Fonte:
Ministério Fiel – Brian Croft
Tradução: Camila Rebeca Teixeira.
Revisão: André Aloísio Oliveira da Silva.
Original: How should a Christian mother pray with her unbelieving children?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.